Revista o electricista

o futuro dos Projetos Especiais Grupel

O futuro dos Projetos Especiais Grupel

O segmento de Projetos Especiais da Grupel é um grande fator distintivo da marca, uma vez que é composto por grupos eletrogéneos de elevada potência e desempenho, resultantes do trabalho de desenvolvimento e engenharia da equipa.

Soluções energéticas muito flexíveis e versáteis, totalmente adaptadas às exigências dos clientes de todos os setores de atividade e às normas em vigor nas diferentes geografias.

José Souto, Diretor de Projetos Especiais da Grupel, olha para o futuro com otimismo, assegurando o contínuo desenvolvimento, adaptação e modernização destas soluções para que sejam cada vez mais otimizadas e continuem a apoiar inúmeras atividades, desde a agricultura à construção e à defesa.

Revista “o electricista” (oe): Quais são as suas expetativas relativamente ao crescimento dos Projetos Especiais da Grupel para os próximos anos?

José Souto (JS): O sucesso dos projetos especiais depende, em geral, da procura do mercado, da capacidade da empresa em oferecer soluções personalizadas que respondam às necessidades dos clientes e da capacidade da empresa em manter uma equipa altamente qualificada e atualizada com as mais recentes tecnologias.

Além disso, a Grupel tem vantagens competitivas em relação a outras empresas do setor, como a qualidade dos seus produtos, a eficiência da sua produção e a sua capacidade de rápida adaptação às mudanças do mercado e às necessidades dos clientes.

oe: Como podem os Projetos Especiais apoiar o desenvolvimento de outros setores de atividade?

JS: Ao oferecer soluções personalizadas e fiáveis para satisfazer as necessidades energéticas específicas dos seus clientes, a Grupel pode ajudar a aumentar a eficiência e a produtividade em diversos setores.

Ao longo dos anos, temos apostado na personalização deste tipo de soluções energéticas, adaptando-as a setores críticos como hospitais, bancos, indústrias e data centers; instalando geradores de energia temporários para alimentar fábricas, equipamentos de construção e eventos de todo o tipo; concebendo equipamentos personalizados para alimentar sistemas de irrigação, bombas de água e muito mais; ou, ainda, desenhando produtos tão distintos como unidades móveis que facilitam a sua rápida utilização em locais adversos sem energia elétrica e em difíceis condições de funcionamento.

Além disso, a Grupel está a trabalhar na produção de energia renovável para indústrias e outros, com o desenvolvimento de sistemas híbridos de geradores de baixas emissões com painéis solares, turbinas eólicas e bancos de baterias BESS. Isto não só ajuda a reduzir a pegada de carbono das indústrias, como também pode reduzir os seus custos energéticos a médio e longo prazo.

por Grupel

Para ler a entrevista completa faça a subscrição da revista e obtenha gratuitamente o link de download da revista “o electricista” nº84. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

Translate »