Implementamos a segurança utilizando muito baixa tensão

Implementamos a segurança utilizando muito baixa tensão

Procuramos tornar os circuitos elétricos mais seguros, utilizando proteções contra contactos diretos e indiretos…

Procuramos tornar os circuitos elétricos mais seguros, utilizando proteções contra contactos diretos e indiretos, com grandes vantagens para os utilizadores, mas por vezes esquecemo‑nos que existe uma solução mais simples e segura: o fornecimento de energia em muito Baixa Tensão. É utilizado o fornecimento elétrico com uma tensão muito baixa, para assegurar em simultâneo a continuidade e a segurança do serviço.

Circuitos

A corrente é a fonte do perigo

Quando uma pessoa entra em contacto com uma parte ativa, ocorre a passagem de uma corrente elétrica que, dependendo da intensidade, pode provocar desde uma leve sensação até um choque grave.

Se ultrapassados os seguintes limites, a corrente pode ser mortal:

  • 25 mA em Corrente Alternada (CA) a 50 Hz;
  • 50 mA em Corrente Contínua (CC).

Estes são valores indicativos e podem variar segundo determinadas condições específicas.

O corpo humano e a sua resistência elétrica

A resistência elétrica do corpo humano não é comparável a nenhum elemento condutivo de um circuito, mas o seu valor é suficiente para permitir que a corrente elétrica passe através do mesmo, criando um fenómeno conhecido como eletrocussão. O corpo humano é composto por cerca de 70% de água que, devido ao seu conteúdo de sais dissolvidos, o converte num bom condutor.

Dados experimentais indicam que a resistência do corpo humano se encontra entre 1000 e 5000 Ω, dependendo de muitos fatores. Podemos sobretudo considerar dois valores:

  • A resistência elétrica é de cerca de 1000 Ω, se o indivíduo tiver a pele molhada, não usar sapatos e estiver numa zona húmida;
  • Em condições adequadas, com a pele seca e num local seco, a resistência alcança um valor de cerca de 5000 Ω.

ABB, S.A.
Tel.: +351 214 256 000 · Fax: +351 214 256 390
marketing.abb@pt.abb.com · www.abb.pt

Para ler o artigo completo faça o download gratuito da revista “o electricista” nº50. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção

    Outros artigos relacionados

    Translate »