iluminação inteligente – evolução, necessidades e bem-estar

iluminação inteligente – evolução, necessidades e bem-estar

A iluminação artificial tem vindo a evoluir até chegar aos dias de hoje e já não satisfaz apenas as necessidades básicas, tendo-se tornado um elemento de arquitetura e decoração importantes, a nível comercial, habitacional e urbano.

Quando a noite substitui o dia, a iluminação natural acaba e é necessário recorrer à iluminação artificial para suprir as necessidades básicas das pessoas, como as condições de visibilidade, a orientação ou a segurança dentro de determinado espaço. A iluminação artificial tem vindo a sofrer uma evolução até chegar aos dias de hoje e já não satisfaz apenas as necessidades básicas, tendo-se tornado um elemento de arquitetura e decoração importantes, a nível comercial, habitacional e urbano.

Também na indústria e nos espaços urbanos a iluminação serve para suprir as necessidades de iluminação natural, necessária para a execução das tarefas. A evolução deste tipo de iluminação levou-nos a termos lâmpadas de vapor de sódio e vapor de mercúrio, com potências elevadas, mas com um rendimento luminoso relativamente baixo, muito poluente, e nem sempre confortável para o utilizador.

A evolução é a iluminação em LED. Potências mais baixas, melhor rendimento, boa restituição de cor e iluminação mais amiga do ambiente. No entanto, e porque é uma tecnologia de iluminação recente, surgem problemas associados a ela. A má escolha das temperaturas de cor de luz, nomeadamente o uso abusivo dos brancos frios (demasiado agressivos para a visão humana), a qualidade e rendimento dos LEDs utilizados, entre outros problemas; não esquecer a qualidade necessária, e muito importante, dos drivers (fontes de alimentação) associados a esta iluminação. Por todos estes fatores vemos no mercado discrepâncias tão grandes em luminárias LED que, em princípio, até parecem iguais.

Eng.º José Carlos Soares
Primelux

Para ler o artigo completo faça o download gratuito da revista “o electricista” nº67. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção

    Outros artigos relacionados

    Translate »