Ficha Técnica 6: semicondutores e díodos de junção (Parte 2)

Ficha Técnica 6: semicondutores e díodos de junção (Parte 2)

Após a introdução aos semicondutores e ao estudo das caraterísticas fundamentais dos díodos…

Após a introdução aos semicondutores e ao estudo das caraterísticas fundamentais dos díodos de junção, será iniciada a análise, na presente ficha técnica, dos circuitos caraterísticos de utilização deste componente eletrónico.

Análise das caraterísticas técnicas de um díodo

Para a correta utilização de qualquer componente eletrónico será fundamental analisar as suas caraterísticas técnicas e os seus limites de funcionamento como por exemplo, a Corrente Contínua direta máxima ou a potência de dissipação. Para esta análise os fabricantes fornecem a folha de dados do componente, em inglês por Data Sheet, onde se especificam determinadas propriedades, comportamentos, gráficos e todas as informações relevantes ao funcionamento do componente electrónico.

Será analisado de seguida o díodo retificador da série 1N4000 (1N4001 a 1N4007). Existem diversos fabricantes deste componente, utilizaremos a folha de dados do fabricante WTE (Won-Top Electronics) disponível em: www.wontop.com/uploadfiles/56/sort_excel/pdf/1n4001.pdf

A Figura 89 representa as estipulações máximas e caraterísticas elétricas do díodo retificador considerando uma temperatura ambiente de 25°C.

Iremos analisar as caraterísticas mais importantes na seleção deste tipo de componente eletrónico, nomeadamente: a tensão inversa, a corrente direta máxima, a queda de tensão direta e a corrente direta máxima.

Paulo Peixoto
ATEC – Academia de Formação

Para ler o artigo completo faça o download gratuito da revista “o electricista” nº61. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção

    Outros artigos relacionados

    Translate »