Revista o electricista

Disjuntores para aplicações em Corrente Contínua

Disjuntores para aplicações em Corrente Contínua

A ABB gosta de partilhar os seus conhecimentos com os profissionais do setor, uma vez que considera ser muito gratificante para ambas as partes, e que os ajuda eficazmente a trabalhar e a avançar na pesquisa de novas soluções.

Tipologia de redes em Corrente Contínua (CC)

Para garantir o corte de uma corrente em curto-circuito num sistema em Corrente Contínua é necessário ligar, de forma adequada, os dois pólos do disjuntor.

Para realizar esta operação é necessário conhecer o tipo de ligação à terra da instalação.

Esta informação permite avaliar qualquer possível condição de falha e, como consequência, selecionar o tipo de ligação mais adequado consoante as restantes características da instalação (corrente de curto-circuito, tensão de alimentação, corrente nominal das cargas, entre outros).

Nas páginas seguintes apresenta-se esta informação fundamental para cada tipo de rede:

  • Descrição da rede;
  • Tipos de falhas.

Rede isolada da terra

Esta tipologia de rede representa a ligação mais fácil de realizar uma vez que não existe ligação entre duas polaridades da bateria e a terra.

Estes tipos de sistemas são amplamente utilizados nas instalações nas quais a ligação à terra é difícil mas sobretudo quando é necessário uma continuidade de serviço depois de um primeiro defeito à terra (assunto abordado mais à frente neste artigo).

Por outro lado, ao não existirem polaridades ligadas à terra, esta apresenta-se como desvantajosa uma vez que, devido à eletricidade estática, podem ocorrer sobretensões perigosas entre uma parte condutora ativa e a terra (estes riscos podem ser limitados por descarregadores de sobretensões).

ABB, S.A.
Tel.: +351 214 256 000 · Fax: +351 214 256 390
[email protected] · www.abb.pt

Para ler o artigo completo faça a subscrição da revista e obtenha gratuitamente o link de download da revista “o electricista” nº49. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: [email protected]

Outros artigos relacionados

Translate »