Revista o electricista

data centers: o clima frio é tão importante como pensa?

Data centers: o clima frio é tão importante como pensa?

Apesar da importância, o “clima frio” está fora do TOP 5 fatores mais importantes na escolha da localização de data centers.

Recentemente, quis validar isto mesmo com o meu pequeno ciclo social, composto por engenheiros e técnicos, mas também por pessoas de áreas nada técnica. O resultado: 59% votaram em “clima frio” como o fator mais importante. Este pensamento não é absurdo, pelo contrário, segue a lógica da importância no arrefecimento de processadores e equipamentos. Mas, apesar da importância, o “clima frio” está fora do TOP 5 fatores mais importantes na escolha da localização de data centers (CHRISTENSEN, 2018).

Data centers em clima ameno

Segundo uma pesquisa publicada em setembro de 2023 (Statista, 2023), os Estados Unidos são, de longe, o país com um maior número de data centers e a maioria está localizado na região mais quente do país (Climate.gov, 2021 e Data Center Map, 2023).

Além disso, a ANSI/TIA-942 que padroniza a infraestrutura de telecomunicações para data centers, descreve as condições ambientais para os espaços dos computadores com o intuito de fornecer gamas operacionais contínuas de temperatura. Segundo a norma, a temperatura de bulbo seco deve estar entre 20 ºC (68 ºF) e 25 ºC (77 ºF). Entretanto 20 ºC não é a temperatura ideal quando pensamos em clima frio.

André Mendes
andrephilodeo@gmail.com

Para ler o artigo completo faça a subscrição da revista e obtenha gratuitamente o link de download da revista “o electricista” nº 85. Pode também solicitar apenas este artigo através do emaila.pereira@cie-comunicacao.pt

Translate »