como verificar a potência necessária para um gerador?

como verificar a potência necessária para um gerador?

Existem vários métodos para calcular ou verificar a potência necessária para adquirir um gerador.

Em Portugal, maioritariamente, nas grandes obras os projetistas têm a seu cargo efetuar o cálculo para verificarem a potência que é necessária para um gerador e definem-na no caderno de encargos da obra.

Quando se trata de particulares, em que são eles os responsáveis por este cálculo, a solução é consultarem a sua fatura de potência contratada, contudo por vezes é necessário ter em conta que apesar de haver um valor na fatura de eletricidade, este pode não ser o verdadeiro valor utilizado, pois há alguns aparelhos, como por exemplo as bombas, que têm picos de arranque. Para precaver que o gerador tem a potência realmente necessária para estes picos de arranque/bombas, normalmente acrescentamos +25% da potência contratada. Por outro lado também temos de ter cuidado para não sobredimensionar, porque não iremos utilizar o equipamento em simultâneo, e um gerador que trabalhe a menos de 30% da carga poderá trazer problemas ao motor.

No caso da potência consumida ser irregular ou ter muitos picos (caso da indústria), recorremos a um aparelho para ver as respetivas medições, o analisador de energia elétrica. Este processo permite-nos analisar a carga da instalação durante uma semana para que no final seja possível extrairmos os resultados do equipamento e apurar qual
a potência necessária para alimentar o edifício. Contudo, mesmo após esta análise é necessário verificar outros tipos de equipamentos que poderão não estar a funcionar, mas que noutras alturas poderá entrar em funcionamento diário, como é o exemplo do ar-condicionado.

O analisador de energia elétrica coloca-se nos cabos da entrada da rede e deve ser sempre efetuado por um profissional. Este aparelho funciona tirando medidas de tensão e corrente e calcula a potência ativa e reativa consumida em cada momento pela instalação. Ao mesmo tempo faz a análise de harmónicos da tensão e corrente na nossa instalação, desta forma podemos saber a qualidade da alimentação para a nossa carga, que é um fator importante para a seleção do gerador.

Grupel, S.A.

Para ler o artigo completo faça o download gratuito da revista “o electricista” nº70. Verifique o seu email após o download. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

      Selecione as sua(s) área(s) de interesse

      Utilize a tecla Ctrl para selecionar mais que uma opção

    Outros artigos relacionados

    Translate »