Revista o electricista

Carlos Alberto Manteigas da LTX

Carlos Alberto Manteigas: “o mercado português esteve sempre disponível para as melhores e mais eficientes soluções luminotécnicas”

No mercado desde 2006, a LTX pretende desde a sua fundação oferecer soluções de iluminação que se diferenciam no mercado pela qualidade e na inovação. Recentemente abriu um novo escritório a norte, no TECMAIA numa forte aposta no crescimento da marca LTX e de uma melhor presença na área da iluminação interior e exterior a norte. A revista “o electricista” falou com Carlos Alberto Manteigas, Administrador da LTX, que nos falou destes anos de vida da LTX e do que o futuro lhes reserva!

Revista “o electricista” (oe): Como têm decorrido estes 17 anos desde a fundação da LTX em 2006?

Carlos Alberto Manteigas: Ao longo destes 17 anos temos vindo a consolidar o nosso posicionamento no mercado, reflexo da diversidade em termos do negócio e da equipa de profissionais qualificados. Atualmente temos 30 elementos e uma presença comercial de norte a sul do país, uma sede em Lisboa e agora também temos instalações no norte do país, onde regressamos.

Quando, em 2006, iniciámos o nosso percurso no mercado da iluminação em Portugal, existiam algumas marcas de iluminação que norteavam o desenvolvimento de luminárias e soluções de iluminação na Europa. Associados desde a nossa origem a uma grande marca como a Trilux, nesses anos ainda com a tecnologia fluorescente, tornou-se possível abordar o mercado da iluminação técnica em Portugal com soluções inovadoras, permitindo um natural crescimento.

Hoje algumas dessas marcas já não estão presentes, tendo surgido outras resultantes da mudança tecnológica nos últimos anos na iluminação. Com marcas âncora no seu portefólio como a centenária Trilux AG e a AEC Illuminazioe, a LTX é uma referência nas soluções de iluminação que asseguramos, sempre na vanguarda da tecnologia e do design.

Complementarmente, estando o tópico da eficiência energética e sustentabilidade no topo das nossas prioridades, constituímo-nos como ESE – Empresa de Serviços de Energia, com o objetivo de responder às necessidades de mercado. Efetivamente, a mais recente legislação publicada sobre esta matéria permite uma visão diferente na abordagem empresarial.

oe: Acreditam que tem acompanhado a evolução da iluminação em Portugal e no mundo? De que forma?

Carlos Alberto Manteigas: Na LTX, temos os olhos postos no futuro. É muito importante para nós oferecer soluções de iluminação que se diferenciam dos restantes não só pela sua qualidade, mas também pela sua inovação.

Num ambiente de mercado caraterizado por rápidas mudanças tecnológicas, estamos atentos e acompanhamos as tendências e necessidades do mercado, tendo a mais-valia do reconhecimento das marcas que representamos em exclusivo, como é o caso da Trilux e AEC Illuminazione. Marcas que nos permitem estar atualizados tecnicamente na evolução de soluções e tendências de mercado, sejam do ponto de vista técnico ou estético.

Falamos de eficiência energética, economia circular e sustentabilidade. HCL – Human Centric Lighthing e NCL – Nature Centric Lighthing, entre outros conceitos que nos fazem antever o futuro e perceber a evolução das gamas de produtos, e assim que nos permitam aconselhar da melhor forma os nossos clientes.

por Helena Paulino

Para ler a entrevista completa faça a subscrição da revista e obtenha gratuitamente o link de download da revista “o electricista” nº84. Pode também solicitar apenas este artigo através do email: a.pereira@cie-comunicacao.pt

Translate »