Cabo Segurfoc 331 (frs,zh) e Afumex Firs da Prysmian com classe de reação ao fogo Cca-s1b,d1,a1

A General Cable CelCat redesenhou o cabo para serviços de segurança Segurfoc 331 (frs,zh) para que cumpra os requisitos da Classe Cca-s1b,d1,a1 que exige a regulamentação para locais de afluência de público.

O Regulamento dos Produtos de Construção (CPR) estabeleceu as classes de reação ao fogo que correspondem aos cabos.

A General Cable CelCat redesenhou o cabo para serviços de segurança Segurfoc 331 (frs,zh) para que cumpra os requisitos da Classe Cca-s1b,d1,a1 que exige a regulamentação para locais de afluência de público.

O Regulamento dos Produtos de Construção estabelece uma série de condições técnicas para avaliar os produtos de construção.

Os cabos elétricos e de fibra ótica são afetados por 2 requisitos básicos:

– Segurança em caso de incêndio;

– Emissão de substâncias perigosas.

Dos requisitos básicos derivam caraterísticas essenciais que dão origem a normas harmonizadas.

Para a segurança em caso de incêndio foram determinadas duas caraterísticas essenciais:

– Reação ao fogo. Abrangida pela norma harmonizada EN 50575 (classes);

– Resistência ao fogo. Atualmente sem norma harmonizada.

A reação ao fogo refere-se ao comportamento do cabo quando é afetado pelas chamas de um incêndio. Mede a propagação, a emissão de fumos e gases tóxicos ou corrosivos, a libertação de gotas ou partículas incandescentes e a geração de calor. Todas estas propriedades estão resumidas na classe de reação ao fogo, um código obrigatório na UE que é diferente para cada conjunto de ensaios que o cabo supera com sucesso. No caso dos cabos habituais para BT, a classe aparece na inscrição da bainha ou do isolamento do cabo.

Figura 1 e 2. Os cabos para BT apresentam a classe de reação ao fogo na sua inscrição.

O Regulamento CPR estabeleceu a mencionada classificação de classes de reação ao fogo e posteriormente as entidades nacionais estabeleceram classes de referência:

Cca-s1b,d1,a1 (cabos não propagadores de chama nem de incêndio, com baixa emissão de fumos e de calor, baixa opacidade de fumos, reduzida libertação de partículas incandescentes e baixa toxicidade e corrosividade de gases): para instalações de ligação, locais de afluência de público e locais com risco de incêndio ou explosão. → Cabos (frt,zh) e (frs,zh);

Eca (cabos não propagadores de chama): para o resto das instalações em geral. → Cabos tipo PVC ou borracha em geral.

Os cabos instalados em locais de afluência de público devem ser da classe de reação ao fogo Cca-s1b,d1,a1. Na General Cable CelCat adequam o stock de cabos às novas disposições regulamentares.

Os cabos para serviços de segurança não independentes devem também ser resistentes ao fogo. A norma harmonizada de resistência ao fogo ainda não foi publicada, pelo que, neste sentido, os cabos do tipo Segurfoc 331 (frs,zh) devem continuar a cumprir o disposto na regulamentação vigente, ou seja, resistência ao fogo de acordo com a EN 50200 (diâmetro ≤20 mm) ou EN 50362 (diâmetro >20 mm).

A General Cable CelCat oferece a categoria máxima PH 120 → 2 h, 842 ºC.

– O facto de que os cabos (frs,zh) não sejam afetados pela caraterística essencial “resistência ao fogo” sem norma harmonizada, não é incompatível com o cumprimento da “reação ao fogo” e ser de classe Cca-s1b,d1,a1;

– O Guia Técnico das Classes de Reação ao Fogo dos Cabos Elétricos para Instalações de Baixa Tensão (DGE – Direção-Geral de energia e Geologia, Versão 1.2: 2017-06-20), guia-tecnico-classes-fogo.pdf (dgeg.gov.pt), inclui os cabos do tipo “(frs,zh)” na Classe de desempenho (RPC) mínima Cca-s1b,d2,a1.

– Os cabos Segurfoc 331 (frs,zh) cumprem a Classe de desempenho (RPC) recomendada Cca-s1b,d1,a1 nos locais locais de afluência de público.

Segurfoc 331 (frs,zh)

– Reação ao fogo: Cca-s1b,d1,a1 (EN 50575);

– Resistência ao fogo: PH 120 (EN 50200 ou EN 50362).

O que há de novo e o que não muda no cabo resistente ao fogo Segurfoc 331 (frs,zh) após a entrada em vigor do Regulamento CPR:

O novo:

– Cumprimento da reação ao fogo de acordo com o CPR (EN 50575);

– Inscrição da classe de reação ao fogo Cca-s1b,d1,a1 na bainha.

O que não muda:

– Cumprimento da resistência ao fogo de acordo com a EN 50200 ou EN 50362;

– Cor laranja;

– Inscrição (frs,zh) na bainha.

Lisardo Recio
Product Manager
Prysmian Group
Tel.: + 351 219 678 500
[email protected] · www.prysmiangroup.pt

Translate »