INESC TEC e EDP assinam contrato-programa

Maximizar a produção de eletricidade com origem em fontes renováveis, desenvolver redes elétricas inteligentes, ampliar a integração de veículos elétricos nas redes elétricas, explorar a flexibilidade da procura e estudar a regulação e o funcionamento de mercados de eletricidade – são alguns dos objetivos, para os próximos 5 anos, da parceria de I&D que o INESC TEC e o Grupo EDP assinaram no dia 24 de maio. Este contrato-programa define o quadro de colaboração em termos de I&D entre INESC TEC e as empresas do Grupo EDP no domínio dos sistemas de energia. Esta parceria prevê que as empresas do Grupo EDP possam pagar ao INESC TEC um montante anual máximo até 250 mil euros por contratualização de serviços de consultoria avançada, investigação e desenvolvimento e formação.

“Ao longo dos próximos cinco anos o grupo EDP vai contar com o INESC TEC como parceiro nacional de I&D para promover atividades de investigação, desenvolvimento científico, transferência de tecnologia e formação avançada em áreas emergentes, mas essenciais para o setor elétrico. O contrato celebrado trata-se, pois, de um claro investimento em I&D que muito importa a Portugal”, explica João Peças Lopes, Diretor associado do INESC TEC e Professor catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Este contrato-programa inclui mais áreas além dos sistemas de energia, sobre as quais o INESC TEC detém conhecimento e a EDP interesse como cibersegurança, engenharia de software, business analytics, data mining, ciências matemáticas, arquiteturas, tecnologias e soluções de comunicações na área das smart grids, inspeção e monitorização de infraestruturas com veículos autónomos, jogos sérios, desenvolvimento de sensores, entre outras. Para este projeto, liderado pela EDP e que contou com a participação de várias empresas portuguesas, foi o INESC TEC quem definiu os modelos de referência e especificações técnicas.